Olhar Noticias

Peixoto de Azevedo

Ressocialização: Reeducandos prestarão serviços à Prefeitura Municipal

Convênio prevê mão-de-obra remunerada a reeducandos que prestarem serviços nas mais diferentes áreas públicas Peixotenses. Projeto tem apoio do MPE e do Poder Judiciário.

Aconteceu na tarde desta terça-feira (04) no Gabinete do Prefeito, Maurício Ferreira de Souza, o ato de assinatura do convênio junto a Direção da Unidade Prisional e o Conselho da Comunidade de Execução Penal de Peixoto de Azevedo-MT, que prevê a implantação do Projeto Piloto de Ressocialização através da utilização de mão-de-obra remunerada de reeducandos na área de construção civil e demais serviços de interesse público.

A proposta conta com o aval do Ministério Público Estadual e do Poder Judiciário da Comarca.

Conforme Projeto de Lei aprovado pela Câmara de Vereadores, inicialmente 20 reclusos devidamente avaliados e selecionados pela Comissão Laboral, composta por assistentes sociais, psicólogos, agentes prisionais e o diretor da Cadeia Pública, atuarão na Fábrica de Artefatos de Cimento da Prefeitura Municipal e em outras frentes de trabalho que se fizer necessário.

Após a assinatura do convênio, o Diretor da Unidade Prisional, Manoy Silva, esclareceu a população que a seleção atende rigorosamente os preceitos da legislação de execução penal, que define as regras para permitir o trabalho externo, e são escolhidos por uma equipe multidisciplinar que leva em conta informações como perfil, aptidão e conduta do preso.

A presidente do Conselho da Comunidade, Dra. Fabiane Melo,  Delegada da Caixa de Assistência 14ª Subseção da OAB, lembrou que o projeto de reinserção social visa não apenas a recuperação do reeducando, mas também o auxilio à suas famílias que estão do lado de fora dos portões da Cadeia Pública, já que o salário recebido seria direcionado as mesmas. A iniciativa é uma das formas de humanizar o cumprimento da sentença, pois recebem remissão de um dia de pena a cada três trabalhados.

A Prefeitura de Peixoto de Azevedo aplicará ao longo de 2019 mais de R$ 120.000,00 a título de remuneração aos reeducandos selecionados e que efetivamente cumprirem as regras e normativas da execução das tarefas que serão rigorosamente acompanhadas pelos Agentes Prisionais e o Conselho da Comunidade de Execuções Penais.

O vereador Adriano Gomes disse apoiar a iniciativa por acreditar que será importante a utilização de mão-de-obra de reeducandos na execução de serviços de urbanização e manutenção do patrimônio público. "O projeto é feito com extrema responsabilidade, pois todos os reclusos serão acompanhados e seguirão critérios, condutas e normas estabelecidas no processo de execução penal. Além de se tornar mais acessível para os cofres públicos os valores financeiros serão direcionados as famílias dos reeducandos", comentou o vereador.

Página:

https://www.olharnoticias.com.br/noticia/peixoto-de-azevedo/2019/06/05/ressocializacao-reeducandos-prestarao-servicos-a-prefeitura-municipal/4851.html