Unic e Unemat são as piores universidades de Mato Grosso em ranking nacional

O levantamento da Folha analisa os itens "pesquisa", "ensino", "mercado", "internacionalização" e "inovação", além da nota do Índice Geral de Cursos (IGC), publicada pelo Ministério da Educação (MEC).

As três principais universidades de Mato Grosso caíram de posição no Ranking Universitário Folha (RUF), publicado anualmente pelo jornal Folha de São Paulo. A instituição mais mal avaliada é a Universidade de Cuiabá (Unic), que ocupa a 147ª posição no ranking de 2018. No ano passado, a universidade privada era a 141ª de todo o país com nota 31,49.

A Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) perdeu 14 posições. Matida pelo Governo do Estado, a instituição ocupa a 129ª posição no RUF com nota 37,68.

A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) manteve sua nota de 2017 (73,87), mas caiu uma posição. Neste ano, a UFMT é a 34ª universidade mais bem avaliada no país, após ter sido ultrapassada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (SP). 

O levantamento da Folha analisa os itens "pesquisa", "ensino", "mercado", "internacionalização" e "inovação", além da nota do Índice Geral de Cursos (IGC), publicada pelo Ministério da Educação (MEC).

Fonte ReporterMT

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Olhar Notícias, não reflete a opinião deste Portal.