UNIASSELVI:Alunos denunciam universidade por fraude na cobrança de matérias

O custo normal de cada módulo é de aproximadamente R$500, mas a faculdade está cobrando o valor de uma mensalidade do curso completo, que é R$1,055 mil.

Alunos da universidade Uniasselvi denunciam suposta fraude na cobrança do valor de módulos individuais por parte da instituição, para matriculados inscritos no Programa de Financiamento Estudantil (Fies), sob alegação de que o Governo Federal deverá restituir os pagamentos futuramente.

Um dos alunos W.M., de 30 anos, falou  que ele precisa fazer uma matéria que no decorrer do curso ele reprovou. O custo normal de cada módulo é de aproximadamente R$ 500, mas a faculdade está cobrando o valor de uma mensalidade do curso completo, que é R$1.055 mil.

“Eu já investiguei e o Fies não faz estorno de valores pagos a mais para a faculdade, isso não existe. Eles que têm que cobrar o valor certo. Se eu estou fazendo somente uma aula, eu quero pagar por ela, e não o valor do curso inteiro, como já paguei até a conclusão do curso que foi ano passado”, disse ele.

O aluno relatou que encontra dificuldades para resolver a questão, pois cada hora uma pessoa fala uma informação diferente, com respostas desencontradas. Ele afirma que se a faculdade não resolver a situação e corrigir o valor, vai entrar com ação na Justiça.

“Espero que eles façam a correção para o próximo mês. Se eles não fizerem eu vou entrar com uma denúncia no Ministério Público Estadual [MPE] e tentar reverter isso na Justiça”, afirmou W.

Outro problema

Alunos enfrentam dificuldade também em conseguir concluir as aulas que faltam para colar grau. A universidade nem sempre oferta as disciplinas para os alunos do 9º e 10º semestre que estão na reta final do curso.

Em algumas situações, alunos que precisam somente de uma matéria, às vezes esperam por um ano para que instituição oferte a disciplina que ele precisa para colar grau.

“Isso é uma prática ilegal, porque o curso deve oferecer todas as aulas em sua integralidade”, argumentou o aluno.

Diante desta situação, alguns alunos formalizaram uma denúncia no MPE para conseguir resolver esta situação.

“A gente entrou com ação formal no Ministério Público e vamos tentar resolver isso com urgência porque precisamos colar grau, concluir o curso né?! O problema é saber se a universidade vai cumprir as decisões porque já aconteceram casos que eles descumpriram medidas judiciais obtidas por alunos”, observou.

Outro lado

Por meio de nota, a Uniasselvi informou que está em fase de conclusão do processo de rematrícula para o período de 2018/1. Questões dessa natureza são inerentes ao processo de renovação de contrato.

Sobre a disponibilidade de aulas a Uniasselvi disse que está disponibilizando todas as disciplinas, sem prejudicar a conclusão dos cursos. Turmas especiais serão formadas de acordo com a demanda dos alunos. 

Leia a nota:

A UNIASSELVI Cuiabá informa que está em fase de conclusão do processo de rematrícula para o período de 2018/1. Questões dessa natureza são inerentes ao processo de renovação de contrato. Nosso compromisso é de não prejudicar nenhum dos nossos acadêmicos. A instituição está à disposição para esclarecer dúvidas por meio dos telefones 3642 1010 e 3023-0049 ou via nosso portal www.uniasselvi.com.br

Quanto à oferta de disciplinas, a UNIASSELVI informa que está disponibilizando todas as disciplinas, sem prejudicar a conclusão dos cursos. Turmas especiais serão formadas de acordo com a demanda dos alunos. Informações e dúvidas podem ser esclarecidas por meio dos telefones 3642 1010 e 3023-0049 ou via nosso portal www.uniasselvi.com.br.

Fonte RepórterMT

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Olhar Notícias, não reflete a opinião deste Portal.